10 dicas práticas para conseguir um cartão de crédito mesmo com o score baixo

12

O score baixo é um dos maiores motivos de não aprovação do cartão de crédito. Ele é um número que classifica a sua posição de bom pagar e que pode definir a liberação de crédito junto à instituição financeira. Confira a seguir 10 dicas que lhe ajudam a melhorar o seu score e conseguir uma pontuação melhor.

1. Antes de solicitar um empréstimo, verifique se não há erros ou problemas como pendências nos serviços de proteção ao crédito. Se sim, faça com que sejam corrigidos. Uma solicitação bem preparada, razoável do ponto de vista do limite de crédito solicitado e discutida previamente com o agente de sua instituição financeira, limitará as chances de recusa e evitará uma nota negativa anexada a uma recusa.

2. Evite duplicar solicitações de crédito a distintos credores. Solicitações negadas são muito prejudiciais para sua pontuação. Se você estiver comprando uma casa ou um carro, solicite um empréstimo quando tiver quase certeza da aprovação.

3. Antes de se reunir com sua instituição financeira, calcule você mesmo as possibilidades de ser aprovado, de acordo com sua pontuação do Serasa e SPC.

4. Não pague suas contas com atraso. Quer o montante devido seja grande ou não, um atraso é um atraso. Uma classificação ruim diminui suas chances e o faz pagar mais.

5. Mantenha os saldos devedores e a linha de crédito do cartão de crédito baixos (idealmente 35% ou menos do saldo autorizado). É nessa porcentagem que sua pontuação aumenta mais. Entre 35% a 50%, aumenta, mas menos. Se o seu saldo ultrapassar 50% do limite autorizado, isso afeta negativamente sua pontuação.

6. As contas bancárias abertas há muito tempo valem mais para sua pontuação do que as contas abertas recentemente. Mantenha-as abertos, se possível, mas sem ter muitas.

7. Se você precisar reduzir suas dívidas, comece sempre reduzindo o valor devido em seus cartões de crédito primeiro por dois motivos: eles geralmente custam mais juros do que outros empréstimos e sua pontuação aumentará mais do que se você reduzir seu empréstimo de carro ou sua hipoteca.

8. Apesar do impacto positivo de ter vários tipos de crédito para pontuação, tente ter apenas um cartão de crédito. Além de limitar a possibilidade de endividamento, será mais fácil acompanhar suas despesas e garantir que você pague seu saldo em dia com um único cartão.

9. Além do cartão de crédito coberto, nos dois primeiros anos de sua falência, evite qualquer solicitação de empréstimo a instituições financeiras que foram incluídas em sua falência ou proposta. Por causa da perda, eles estarão menos dispostos a acreditar em você novamente.

10. Por fim, lembre-se de que apenas porque uma instituição financeira lhe oferece crédito, não significa que você deve aceitá-lo.

5 fatores que influenciam sua pontuação

Histórico de pagamentos (35%)

Qualquer atraso de poderá ser registrado em seu nome e afetará sua pontuação. Quanto maior o atraso, maior o dano. Evite atrasos a todo custo! Observe que, mesmo se você pagar um saldo em atraso, ele deixará rastros no seu arquivo de crédito por algum tempo.

Saldo devedor versus limite de crédito (30%)

A média dos valores devidos em cada uma de suas contas influencia sua pontuação. Uma média de mais de 50% do crédito autorizado afeta negativamente sua pontuação, mesmo se você pagar o saldo total no final do mês. O ideal é permanecer em 35% ou menos do limite autorizado.

Idade das suas contas (15%)

Se suas contas já existem há muito tempo, seus credores podem avaliar com mais facilidade seus hábitos de pagamento. Assim, quanto maior a história, melhor sua pontuação. A pontuação leva em consideração sua conta mais antiga e a idade média de todas as suas contas. Portanto, mantenha a mais antiga e evite abrir muitas novas.

Novos pedidos de crédito (10%)

Cada vez que um credor verifica seu score de crédito para lhe conceder um empréstimo ou um cartão de crédito, ele cai. O princípio é que, se você procura crédito, corre mais risco de contrair dívidas. Sabendo disso, evite multiplicar solicitações de crédito e evite preencher formulários de cartão de crédito para “uma chance de ganhar uma viagem”.

Número de credores e variedade (10%)

Isso porque os credores acreditam que quanto mais credores você tiver, maior o risco de endividamento. Portanto, é do seu interesse limitar a abertura de novas contas, especialmente se for o mesmo tipo de crédito (por exemplo, cartões de crédito). Dito isto, para os fins da sua pontuação, é bom ter uma variedade no tipo de crédito (por exemplo, um cartão de crédito, uma linha de crédito e um cartão de crédito de lojas de departamentos), pois isso pode ajudar seu score.

Gostou? Compartilhe com os seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *